Entrar

Viagem Gourmet ao Peru

Viagem Gourmet ao Peru

  • Os brasileiros hoje estão super antenados às novidades do mundo gastronômico, mas ainda não conhecem bem uma culinária que tem recebido grande destaque – a peruana.

    A gastronomia desse país protagonizou uma silenciosa revolução, que a colocou entre os primeiros lugares da cozinha mundial. Além de apresentar diversos pratos tradicionais, há também uma nova cozinha andina.

    CIA  AÉREA

    A que oferece bons preços e muitos vôos e a Lan Chile.

    Nessa companhia, a maioria dos  aviões são super modernos com telas individuais para filmes e um vasto menu de entretenimento , mas tem um vôo que é feito com um  avião antigo e pequeno ( pergunte antes de marcar o seu vôo ).

    A  comida de Lan Chile é razoável, essa tortinha de limão e uma delicia.

    TOUR PELA COZINHA

    Ao visitar o Peru, nada melhor para começar uma turnê do que o velho Pisco Sour. Ele é absolutamente delicioso, mas bem forte ! A receita é simples – apenas bater no liquidificador pisco (aquardente de uva), limão, clara de ovos, gelo e açúcar.

    Para acompanhar, prove um ceviche.  Peixe fresco misturado com cebola roxa, suco de limão, sal e um toque de ají (pimenta fresca).

    Existem 4000 batatas catalogadas no Peru; na foto abaixo servidas fritas,  com molhos de diferentes pimentas ( ajís ),  e 35 tipos de milho (choclo) que é servido como aperitivo com sal.

     

    Um prato tradicional saboroso é o Lomo saltado: pedaços de filé mignon, refogados com muita cebola, tomate e pimenta. Leva também coentro, vinagre e molho de soja.  Mas, o meu favorito é a Causa de Cangrejo. Um rocambole de batatas com recheio de caranguejo. E aí o que fala mais alto é a qualidade insuperável da batata amarela e da carne do crustáceo local.

     

    Para beber: Chicha morada, um milho roxo originário da região Andina e agora popular em todo o país. É delicioso, super doce e leve !

    Inca Kola é o refrigerante local, eu achei muito doce, mas não é ruim.

    Restaurante Puro Peru

    Oferece um enorme Buffet frio com entradas de fresquíssimos frutos do mar     ( lagostins, vieiras, polvo, camarão, seviches) e saladas. Os pratos quentes são tradicionais e há também massas.

    Lima possui grandes chefs, uma vez que abriga uma filial enorme da super famosa escola francesa de cozinha  ” Le Cordon Bleu” .

    A cidade oferece restaurantes modernos, com pratos sofisticados de fusão como estes: a esquerda composto de verduras, shitake, basílico e creme de queijo, à direita rolinhos de lagostins e salada de folhas e manga.

    Dos doces típicos, experimente a torta três leches, algo com lúcuma (fruta típica) e  o suspiro de limeña (foto): creme  feito com gemas, calda de açúcar com vinho do Porto, coberto com merengue e com um toque de canela em pó.

    Para terminar o alfajor de maizena com um cafezinho.

    O grande Chef Gastón Acurio possui hoje restaurantes em 10 páises diferentes e participa do hall da fama da alta cozinha internacional.

    Tanta é um dos restaurantes de Gastón. Este, oferece um variado cardápio de sobremesas. Vive lotado, é aconselhável fazer reserva.

    Prato de atum fresco no Tanta.

    Mesa de Sobremesa do Tanta

    Historia da Gastronomia Peruana

    A riqueza em ingredientes deve-se à diversidade climática. O país reúne diversos ecossistemas. Essas zonas são agrupadas em 3 grandes regiões: costa, serra (Andes) e selva (Amazônia). A primeira disponibiliza mais de mil espécies comestíveis entre peixes e frutos do mar.

    Alguns destaques são o atum e o linguado. O linguado ali é mais consistente e o atum mais tenro, ou seja, perfeitos! Um peixe local muito apreciado é a Chita, carne branca, leve e saborosa.

    As frutas são doces, variadas e muito baratas. O abacate tem uma consistência especial, derrete na boca; o melão cantaloup, parece que foi adoçado artificialmente; e as alcachofras, abundantes e saborosas!

    A civilização Inca deixou muitos traços culturais na culinária peruana. Eles foram responsáveis pelo cultivo de batatas e milhos, 2 dos mais importantes ingredientes locais.

    Com a chegada dos espanhóis, que possuem influência árabe, chegaram ingredientes como trigo, uvas, arroz, laticínios, cebolas e azeitonas.

    Por volta de 1850 foi a vez dos chineses se instalarem em solo peruano e trazerem novas técnicas, como a da fritura.

    A imigração dos japoneses em 1970 incentivou o consumo dos pescados e originou a cozinha nikkei, que combina pratos japoneses com ingredientes peruanos.

    A moda agora é a Nueva Cocina Andina, que combina aromas e sabores da terra com técnicas internacionais. Jovens chefs, como o super conhecido Gastón Acurio, estudaram cozinha na Europa e retornaram ao Peru aplicando seus conhecimentos nos ingredientes locais.

     

    TOUR CULTURAL

     

    Mas, não é à tôa que o Peru durante anos atraiu turistas interessados em seu acervo pré-colombiano e suas incríveis ruínas milenares. Lima oferece muitos museus, que apresentam com riqueza a história e a cultura Peruana.

     

    Os 3 museus mais importantes são:

    Museo de la Nacion, Avenida Javier Prado Este 2465, San Borja

    Museo Nacional de Arqueologia, Antropologia e Historia del Peru (National Archaeology and Anthropology Museum)

    Plaza Bolivar, Pueblo Libre.

    O meu favorito é o Museo Larco, lindíssimo. O passeio é um deleite que se divide entre os jardins, o casarão, o acervo histórico e o restaurante.

    (Museo Arqueologico Rafael Larco Herrera)

    Avenida Bolivar 1515, Pueblo Libre.

     

    TOUR PELA CIDADE

    O centro Histórico de Lima é patrimônio mundial da Humanidade. A área é enorme e o transito é pesado. O melhor é pegar um tour à noite.

    A praia peruana é usada apenas pelos surfistas, tem uma nuvem constante no céu e pouca areia. Os restaurantes da orla são bonitos e modernos.

    O restaurante Pescados Capitales é bem famoso, mas o serviço é ruim e a comida mediana.

    Os Jardins sãos incríveis, floridos e muito bem cuidados.

    O fim de tarde em Lima é lindo. È o único momento em que as nuvens dão lugar ao sol.

    Não deixe de provar os churros.

    O Melhor que encontrei foi na confeitaria Manollo, no centro da cidade.

    Av. Larco 608, Miraflores, Lima, Peru

    444-2244 | www.manolochurros.com

     

    Não deixe de provar algum doce de Lúcuma, uma fruta muito apreciada. Esses são da pastelaria Santo Antonio.

    Boa viagem e bom apetite !

Print Friendly, PDF & Email
No comments yet.

Deixe uma resposta